terça-feira, 29 de setembro de 2009

Vamos pensar um pouco...

A espécie humana, entre outras características, tem o pensamento como elemento que a diferencia dos demais animais. Todas as coisas feitas pelo homem, sejam elas boas ou más, originaram-se de um pensamento.

Por natureza, o ser humano tende a seguir um modelo de vida, que pode ser: os pais, amigos, professores, artistas, grandes líderes mundiais, etc. Esses referenciais são necessários na formação da personalidade, do caráter, inclusive dos pensamentos.
Mas Deus também nos oferece um modelo de vida, que é Jesus Cristo. O padrão de conduta de Jesus está descrito na Bíblia.

Paulo, discípulo de Jesus, nos exorta a ser também seguidores de Cristo: Sede meus imitadores, como também eu o sou de Cristo.” 1Coríntios 11:1 Esse versículo demonstra que Jesus era reconhecido pelas pessoas que o rodeavam como modelo de vida.

O próprio Jesus mostra-se como modelo a ser seguido: “Porque eu vos dei exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também.” João 13:15

Enfim, a Bíblia é repleta de indicações de como devemos pensar, falar e agir à maneira de Cristo. Ela é um “manual de instruções” de Deus para o homem. Claro, a Bíblia não contém informações de como devemos proceder em TODAS as situações da vida moderna. Mas ela contém o suficiente para o homem no que diz respeito à sua SALVAÇÃO.

Algumas instruções que a Bíblia nos dá sobre como ter a SALVAÇÃO.


Para refletir:* Estamos dispostos a seguir o modelo de vida de Cristo, deixando para trás todas as nossas convicções, pensamentos e outros referenciais de conduta?

* Ou ainda preferimos construir o nosso caráter, personalidade e pensamentos “por meio de filosofias e vãs sutilezas, segundo a tradição dos homens, segundo os rudimentos do mundo, e não segundo Cristo” (Colossenses 2:8)?

Lembre-se:
Ignorando a Cristo, você está negligenciando a sua SALVAÇÃO.

“Como escaparemos nós, se descuidarmos de tão grande SALVAÇÃO? (...)”
Hebreus 2:3

Em Cristo,
Débora Silva Costa

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Temer a morte ou não?




A Bíblia nos fala de três tipos de morte:
1. Física: é aquela que todos nós conhecemos: a destruição do corpo, o fim biológico de todo ser vivo.
2. Espiritual: separação de Deus por causa do pecado.
3. Eterna: sofrimento eterno no inferno como castigo divino para os pecados.

Mas hoje quero falar da MORTE FÍSICA. Existem vários conceitos para ela, científicos, religiosos, psicológicos, populares, etc. Não há um conceito fixo e exato. Mas uma coisa é certa: a morte física é IRREVERSÍVEL (para o homem). Acho que é aí que mora a primeira dificuldade do homem em enfrentar a morte. Ele a vê como algo distante de suas capacidades, de suas forças, algo que ele não pode vencer por si só. Por isso é que ele a teme.

Mas o que a Bíblia tem a nos dizer a respeito da morte física?
A Bíblia trata a morte como algo REVERSÍVEL. Para Deus a morte é como um sono. (1 Tessalonicenses 4:13-18)

“E muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão,uns para a vida eterna,
e outros para vergonha e desprezo eterno.”
Daniel 12:2

A Bíblia fala que TODOS RESSUCITARÃO, mas...

• ...uns para a vida eterna...
Esses não devem temer a morte, pois são salvos.

“(...) Bem-aventurados os mortos que desde agora morrem no Senhor. (...)” Apocalipse 14:13b

Parece até uma contradição, mas é isso mesmo que você leu: Felizes são os que morrem no Senhor.” Por quê?
- Por que depois da morte descansarão dos seus trabalhos. (Apocalipse 14:13c)
- Por que as suas obras se perpetuarão. (Apocalipse 14:13d)
- Por que Deus está com eles. (Salmos 23:4)
- Por que Cristo será engrandecido. (Filipenses 1:20)
- Por que a morte é lucro. (Filipenses 1:21)
- Por que estarão com Cristo. (Filipenses 1:23)
- Por que não haverá mais morte no céu. (Apocalipse 21:4)


• ...e outros para vergonha e desprezo eterno.
Esses devem temer a morte, pois não são salvos.

“(...) temei antes aquele que pode fazer perecer no inferno tanto a alma como o corpo.” Mateus 10:28

Este é Deus, que pode (e vai) fazer aqueles que rejeitaram a sua verdade perecerem eternamente. Os que se encontram mortos espiritualmente e morrerem fisicamente ainda sob esta condição, padecerão a morte eterna, que é irreversível. Por isso é que eles devem temer.


E você, se morrer (fisicamente) hoje, para onde irá?
Para a vida eterna ou para vergonha e desprezo eterno?
Você precisa temer a morte ou não?


Em Cristo,
Débora Silva Costa

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Resposta Teológica - DEUS OU SATANÁS?

...Então vamos à resposta do enigma bíblico da postagem anterior.

1 Crônicas 21:1 - "Então Satanás se levantou contra Israel, e incitou Davi a numerar Israel."

2 Samuel 24:1 - "A ira do Senhor tornou a acender-se contra Israel, e o Senhor incitou a Davi contra eles, dizendo: Vai, numera a Israel e a Judá."

Uma análise isolada destes textos do Antigo Testamento pode nos fazer chegar a algumas conclusões equivocadas e catastróficas a respeito da pessoa de Deus:

1- Pode pôr em dúvida a confiabilidade das Escrituras, já que nota-se claramente uma “CONTRADIÇÃO” entre o que foi dito em II Samuel (que a Ira de Deus incitou Davi a realizar um censo) e em I Crônicas (que não Deus, mas Satanás incitou a Davi a recensear Israel). Uma vez que não se pode confiar na inerrância das Palavras de Deus, como confiar no próprio Deus?

2- Pressupondo-se que ambas as passagens estão corretas, já que Deus não pode mentir, chega-se a outro problema: CONCLUI-SE QUE DEUS E O DIABO SÃO A MESMA PESSOA!!! Ora, se uma passagem diz que Deus incitou Davi, e na outra diz que foi o Diabo, e se pressupõe que não há erro e nem contradição entre elas, o primeiro pensamento que vem a uma mente descuidada é este, que só vai arruinar inteiramente TUDO que a Bíblia diz sobre Deus. (Imagine aí: não seria mais uma Trindade, seria agora o Pai, o Filho, o Espírito Santo e Satanás!!!)
Completamente impensável: só resolveria superficialmente o problema da “contradição” e criaria uma série de questões infinitamente piores. Se existir algum doido varrido que acreditar nisso, ele pode jogar fora sua Bíblia e virar ateu!!!

3- Em 2 Samuel 24:1 diz que “o Senhor incitou a Davi”. Mas se a Bíblia fala que “(...) ele [Deus] a ninguém tenta.” Tg 1:13d ? Estaria aí mais uma “CONTRADIÇÃO”?

RESPOSTA:
Primeiramente é preciso deixar claro que não se pode analisar uma determinada passagem isoladamente. “Texto fora do contexto só serve de pretexto para HERESIAS.” Gosto muito dessa frase que aprendi com o meu pastor e ela resume perfeitamente o que estou querendo dizer. 99,9% das respostas para tais “contradições” encontram-se no contexto em que as passagens estão inscritas e não necessariamente na passagem. É o caso desta indagação.

Análise do Contexto:
Analisando as duas passagens em conjunto, vê-se que elas não se contadizem, mas que uma complementa a outra.

Davi estava em dúvida a respeito da promessa de Deus (de que Israel se tornaria uma grande nação). Deus se ira com essa dúvida de Davi e permite que Satanás incite Davi a fazer o censo. Deus dirigiu todos os acontecimentos, deixando que Davi realizasse o que a inclinação pecaminosa do seu coração o conduzia a fazer. Satanás só pode agir com o aval de Deus e, nesse caso, Deus deu-lhe a permissão, pois Davi precisava aprender a confiar em Deus e na realização das Suas promessas.
O mesmo ocorre na conhecida história de Jó, na qual Deus também permitiu que Satanás agisse sobre a vida do Seu filho. Deus jamais tentou alguém. Na passagem fala que Ele incitou Davi.

Incitar significa: estimular, instigar, exortar, encorajar.

Deus não foi a causa do pecado de Davi. Deus apenas deu uma ordem a Davi através de Satanás. Deus pode usar quem ele quiser para nos dar uma lição. Nesse caso Ele usou Satanás, que foi o agente imediato da incitação e Deus foi o agente autorizador da incitação. Claro, não vamos nos esquecer que tudo isso que Deus fez foi para que o Seu nome fosse glorificado, e que todos vissem que Ele é um Deus que merece confiança.
Bom, acho que isso responde às 3 questões.


1- NÃO HÁ CONTRADIÇÃO nenhuma, mas há complementação de idéias.

2- DEUS E O DIABO NÃO SÃO A MESMA PESSOA. Os dois aparecem na história como pessoas distintas, e cada um realiza ações diferentes. Então, não precisa jogar sua Bíblia fora!

3- DEUS NÃO TENTOU Davi e nem a ninguém.

E aí, respondi à sua pergunta?

Em Cristo,
Débora Silva Costa
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...